Campeonato Mundial Juvenil da FIFA de 1999 – Flying Eagles Wobble and Fumble At Home

Em 1999, a Nigéria conquistou o direito de sediar a 12ª edição do Campeonato Mundial Juvenil da FIFA. Esse foi o ano; as Águias Voadoras foram marcadas como “balançando e atrapalhando”. Eles começaram sua campanha na Copa do Mundo em casa com uma nota bastante embaraçosa, com um empate em 1 x 1 contra a Costa Rica, com Julius Aghahowa marcando o gol de abertura aos 20 minutos de jogo, antes de começar sua atuação contra a Alemanha, que derrotou 2-0. Os gols foram marcados por Ganiyu Shittu e Hashimu Garba aos 69 e 81 minutos, respectivamente.

A última partida do grupo foi contra o Paraguai, e eles se atrapalharam diante de uma multidão lotada que veio para torcer pela vitória. O jogo contra o Paraguai terminou a favor do Paraguai por 2 a 1 com Ganiyu Shittu marcando o gol de consolação aos 38 minutos de jogo. Os Flying Eagles, no entanto, conseguiram se qualificar para a rodada de 16 por pouco.

Nas oitavas de final, os Flying Eagles trabalharam para garantir o empate em 1 a 1 contra a Irlanda, com o gol de empate vindo do diminuto atacante Pius Ikedia aos 70 minutos. O jogo então foi para os pênaltis, e milhões de nigerianos ficaram com o coração na boca durante toda a duração dos chutes. Eventualmente, foi no caminho do Flying Eagles, que desmoronou por 5-3. Pius Ikedia, Gbenga Okunowo, John Aranka, Eddy Dombraye e Ganiyu Shittu converteram seus pênaltis. Thomas Heary, da República da Irlanda, errou a cobrança de pênalti para definir uma dupla nas quartas de final entre Nigéria e Mali.

Os Flying Eagles tiveram seu trabalho cortado, pois acharam os malianos muito quentes para lidar no confronto das quartas de final disputado no estádio Nnamdi Azikiwe, em Enugu, leste da Nigéria. Os malianos foram tão implacáveis ​​no confronto das quartas de final que infligiram uma derrota por 3 a 1 aos desafortunados Eagles, que não podiam voar quando mais importava. O principal atormentador dos Flying Eagles foi o meio-campista do Mali Seydou Keita, que mais tarde surge como o vencedor do prêmio Adidas Bola de Ouro.

A derrota dos infelizes Flying Eagles causou grande alvoroço no meio esportivo, com a eventual demissão do técnico holandês Thijs Libregts da equipe técnica da Seleção Nacional Sub-20 da Nigéria. A equipe tinha muitos potenciais, mas não conseguia utilizar todo o seu potencial. Alguns jogadores notáveis ​​dessa equipe incluem: Joseph Yobo, Rabiu Afolabi, Julius Aghahowa, Haruna Babangida e o goleiro Sam Okoye.

Deixe um comentário