Big Data – Uma visão panorâmica

Big Data é um termo usado para descrever as enormes quantidades de dados, estruturados ou não, que inundam uma empresa diariamente. Esses dados são importantes para essas empresas apenas quando analisados ​​para uma finalidade específica.

Pode ser a base sobre a qual grandes decisões e estratégias são tomadas. Todas as partes interessadas, grandes empresários e acadêmicos concordarão que o big data acabou sendo um grande divisor de águas na maioria das indústrias modernas.

Pode ser usado para:

• Desenvolvimento de novos produtos e ofertas otimizadas.

• Encontrar as causas-raiz de falhas e defeitos no sistema e também em tempo real.

• Detectar as práticas fraudulentas que estão afetando a empresa antes que seja tarde demais para reagir.

• Recalcular os riscos associados a diferentes estratégias.

A análise de Big Data é parte integrante de todos os principais setores. Vamos dar uma olhada em como essas indústrias usam esse dilúvio de dados:

1. Educação – Educadores armados com insights orientados por dados podem fazer uma mudança significativa no sistema. Coisas como identificar alunos em risco, acompanhar o progresso de alunos e professores podem ser feitas com a análise de big data. Isso também pode ajudar os professores a avaliar os alunos de uma forma melhorada.

2. Governo – Os governos sempre se sentam em pilhas de dados, mas agora com a análise eles podem gerenciar recursos, prevenir atividades criminosas, controlar a população e administrar agências de uma maneira muito melhor otimizada.

3. Bancário – O setor bancário talvez esteja aproveitando ao máximo essa vantagem do big data. Grandes bancos, traders de varejo e fundos de hedge o usam para medição de sentimentos, análise preditiva e negociação de alta frequência. Eles também dependem muito dele para combate à lavagem de dinheiro, KYC e mitigação de fraudes.

4. Fabricação – Insights de Big Data podem ajudar os fabricantes a aumentar a qualidade e a produção. Também pode ajudá-los a usar seus recursos de maneira otimizada para minimizar o desperdício. Isso torna as empresas capazes de tomar decisões muito mais flexíveis que antes não eram possíveis.

5. Cuidados de saúde – Gerenciar grandes quantidades de dados com os regulamentos rigorosos e também fornecer serviços rápidos foi possível com a ajuda disso. Informações como registros de pacientes, informações de prescrição e planos de tratamento podem ser usadas para melhorar o atendimento ao paciente.

Este não é o fim da lista, pois existem muitos outros setores que usam big data para melhorar seus negócios. Nos tempos modernos, se uma empresa perder as oportunidades que oferece, também perderá a próxima grande inovação ou descoberta.

Deixe um comentário